Laboratório de Ensino de Matemática
 

   

Um Breve Histórico


O Departamento de Matemática mantém um espaço que atende professores do Ensino Fundamental e Médio e estudantes dos cursos de Licenciatura em Matemática. Neste espaço materiais concretos e jogos são utilizados com o intuito de uma melhor compreensão dos conceitos matemáticos. Anualmente, desde 1997, o Laboratório de Ensino de Matemática participa da Feira de Ciência e Tecnologia - CIENTEC promovendo exposição de diversos materiais de uso pedagógico, tendo seu stand uma das maiores visitações da Feira.
Em 1988, o Laboratório de Ensino de Matemática participou, conjuntamente com o Laboratório de Ensino e Pesquisa da Aprendizagem Científica-LEPAC da Universidade Federal da Paraíba, da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC, realizada em Natal, com uma exposição interativa de grande sucesso. No primeiro semestre de 2000, o Laboratório de Ensino de Matemática promoveu uma exposição na cidade de Brejinho-RN, dentro da programação do Projeto "Trilhas Potiguares" coordenado pela Pró-Reitoria de Extensão.
Destacamos, ainda, a realização de cursos e seminários que ocorrem regularmente no Laboratório de Ensino de Matemática com a presença de especialistas em Educação Matemática, com a presença da comunidade universitária e convidados de escolas públicas do Rio Grande do Norte.

 


Caracterização


No Laboratório de Ensino da Matemática são apresentados aos futuros professores atividades destinadas ao desenvolvimento de procedimentos necessários e importantes para o ensino e a aprendizagem de conceitos matemáticos. Neste ambiente busca-se aprofundar a compreensão dos objetivos e possibilidades didáticas das atividades que podem ser realizadas por meio do uso de recursos como: materiais manipuláveis diversos, jogos, calculadora, etc. Além disso, a utilização de instrumentos como régua, esquadro, compasso, transferidor e outros materiais variados são explorados neste ambiente.
Os recursos didáticos são usadospara promover a apreensão do conhecimento matemático. Entende-se por recurso didático aquela atividade educacional na qual o professor percebe a necessidade de elaborar e utilizar algum material que possa ser manipulado pelo aluno, com vistas a atingir um determinado objetivo proposto.
Um exemplo disso são as chamadas atividades lúdicas que tem o caráter de jogos e divertimentos. Os jogos constituem uma forma interessante de propor problemas, pois permitem que estes sejam apresentados de modo atrativo e favorecem a criatividade na elaboração de estratégias de resolução e busca de soluções.
Na implementação de um procedimento metodológico que toma como ponto de partida o uso de recursos didáticos, o professor deverá ter claro como conduzir ou trabalhar o tema em questão. Utilizando-se de seus critérios teóricos e pedagógicos o professor deverá ter clareza das dinâmicas, dos equipamentos e dos recursos didáticos a serem utilizados em suas atividades de sala de aula.
Contudo, embora os recursos didáticos utilizados no Laboratório de Ensino da Matemática possam fornecer aos futuros professores experiências físicas, sensoriais e motoras que auxiliam a reflexão e a percepção de conceitos matemáticos; eles devem ter a clareza de que os conceitos matemáticos não estão nos objetos em si. Os conceitos são construídos na mente do aluno com base na experiência proporcionada pelo uso dos recursos didáticos.
Assim, a utilização de um recurso didático não pode ser entendida como um “fetiche pedagógico”, ou seja, recursos e instrumentos que poderiam realmente enriquecer a prática pedagógica, passam a ser idolatrados e acabam aparecendo ao professor como tendo por si só o poder de assegurar o interesse e a aprendizagem.
Na verdade, a utilização de um recurso didático deve ser intencionalmente elaborada e conduzida pelo professor. Tal recurso pode ser introduzido para instigar o raciocínio do aluno a fim de que ele possa refletir, levantar hipóteses, descobrir soluções e defender seu ponto de vista. Após a apreensão dos conceitos envolvidos na atividade o recurso didático deverá ser abandonado, partindo-se para o conceito em sua forma mais elaborada e sistematizada possível.

 


Objetivos Gerais
  • Possibilitar ao professor em exercício e ao futuro professor de Matemática a oportunidade de resolver problemas que possivelmente enfrentarão na prática docente;
  • Indicar procedimentos de ensino de conceitos matemáticos explorados no Ensino Fundamental e no Ensino Médio.
  • Oportunizar a articulação entre disciplinas pedagógicas e de conteúdo matemático na elaboração de situações de ensino;
  • Proporcionar experiências pedagógicas relacionadas com a prática docente interligando a Matemática com diferentes áreas do conhecimento;
  • Proporcionar experiências pedagógicas relacionadas com a prática docente por meio da exploração do conteúdo específico da Matemática no contexto em que está inserido;
  • Impulsionar a autonomia de pensamento do futuro professor.

 

Click aqui para acessar a página do LEM

Coordenador

Prof.ª Dr.ª Marta Figueredo dos Anjos
E-mail: martafigueredo@yahoo.com.br

Monitores

Wenia Valdevino Felix
E-mail:weniamatema@hotmail.com



Contato
Fone: (84) 3215-3820

 

 
Copyright ® 2007 www.ufrn.br