Equipe do PIBID



O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) é fruto de uma ação conjunta do Ministério da Educação (MEC), da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O Programa visa fomentar a iniciação à docência de estudantes das I nstituições Federais de Educação Superior e preparar a formação de docentes em nível superior, em cursos de licenciatura presencial plena, para atuar na educação básica pública.


O Programa se destina ainda à atualização pedagógica de professores mediante o envolvimento nas ações de formação continuada promovidas pelo projeto, bem como, a promover a melhoria da qualidade na educação básica, ou seja, do desempenho escolar dos alunos e do IDEB da escola pública.

Com estes fins, é firmado um convênio entre as I nstituições Federais de Educação Superior (IFES) e as Secretarias de Estado da Educação, com a finalidade de selecionar as escolas de atuação do projeto. Para a realização do projeto institucional PIBID-UFRN foi firmado um convênio que envolve oito escolas públicas. No caso do subprojeto de Matemática (realizado em Natal) a escola de atuação é a Escola Estadual Castro Alves.


O Programa busca propiciar aos bolsistas de iniciação à docência e supervisor da escola de atuação, sob a orientação de um professor coordenador (professor da IFES), a participação nas atividades de ensino-aprendizagem desenvolvidas na escola pública a fim de proporcionar a participação em ações, experiências metodológicas e práticas docentes inovadoras, articuladas com a realidade local da escola.

Além disso , destacam-se ainda os seguintes objetivos: incentivar a formação de professores para a educação básica, especialmente para o ensino médio; valorizar o magistério, incentivando os estudantes que optam pela carreira docente; promover a melhoria da qualidade da educação básica; promover a articulação integrada da educação superior do sistema federal com a educação básica do sistema público, em proveito de uma sólida formação docente inicial; fomentar experiências metodológicas e práticas docentes de caráter inovador, que utilizem recursos de tecnologia da informação e da comunicação,
e que se orientem para a superação de problemas identificados no processo ensino-aprendizagem; valorizar o espaço da escola pública como campo de experiência para a construção do conhecimento na formação de professores para a educação básica.

 

Requisitos para concessão de bolsas pelo PIBID:

O apoio pode ser concedido durante toda a vigência do convênio e/ou até a conclusão da graduação do bolsista. Requisitos:

a) ser brasileiro ou possuir visto permanente no País;

b) estar regularmente matriculado em curso de licenciatura nas áreas abrangidas pelo PIBID;

c) estar em dia com as obrigações eleitorais;

d) estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo ele seja aprovado;

e) dedicar-se, no período de vigência da bolsa, exclusivamente às atividades do PIBID, sem prejuízo de suas atividades discentes regulares;

f) apresentar coeficiente de rendimento acadêmico compatível com os objetivos do PIBID; e

g) apresentar carta de motivação justificando seu interesse em atuar futuramente na educação básica pública.


No caso do subprojeto de Matemática (realizado em Natal) o processo seletivo de bolsistas priorizou os estudantes oriundos da rede pública de educação básica ou com renda familiar per capita de até um salário-mínimo e meio. Também foram priorizados os estudantes que estavam matriculados no 2º, 3º, 4º, 5º ou 6º período do curso de Licenciatura em Matemática da UFRN.

As ações do subprojeto de Matemática iniciaram-se, oficialmente, em fevereiro de 2009 e tem previsão de execução de 24 meses; sendo 12 meses renováveis por mais 12 meses. Sua atual coordenadora, a Profª. Drª. Giselle Costa de Sousa, outrora aluna de graduação do curso de Matemática da UFRN.

A professora supervisora vinculada à escola de atuação do projeto é a profª Edna de Araújo Cunha.

 

 

 
Copyright ® 2012 www.ufrn.br